A primeira Drag Queen da história era negra e escravizada

Nascide na escravidão, William Dorsey Swann se tornou a primeira autodenominada "drag queen" do mundo, além de traçar a história não contada do nascimento da cultura drag

2205
Foto: Divulgação/Pesquisa de Channing Joseph

Nascide e escravizade em Maryland, nos Estados Unidos, em meados de 1858, William Dorsey Swann se autointitulou como drag queen. Sendo a primeira drag da história, após conquistar a liberdade.

“Queen ir drag” foi o termo usado por ele por volta de 1880. Swann também foi preso pela polícia, sendo uma delas por “representação feminina”, em 1888. Logo em seguida, o artista teria passado cerca de 10 meses na cadeia, acusado de “manter uma casa desordenada”, alegando que ele possuía um bordel.

Após a acusação, recorreu da sentença, chegando a pedir perdão ao presidente Grover Cleveland, tendo o seu pedido negado, infelizmente.

Além de performar, Swann também organizava bailes drag que reuniam outros ex-escravos, fazendo se sentirem como rainhas.

O pesquisador Channing Gerard Joseph colocou a história do ativista no papel, na obra intitulada de “House of Swann”, que fala com propriedade sobre a vida do pioneiro da arte queer. O livro deve ser publicado ainda esse ano nos Estados Unidos, pela editora Crown.

Veja mais fotos da primeira queen da dinastia drag

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here