Evento virtual celebra a cultura e o ativismo LGBTI+ de Fortaleza

A segunda edição do "For Pride" acontece neste domingo, 27 de dezembro, a partir das 17 horas, no canal do YouTube do evento

674

E você achando que a gente iria terminar o ano só com especial reprisado do Roberto Carlos. Não senhora! Em 2020, as irmãs terão um evento virtual babadeira de fim de ano só pra elas. E não é o programa da RuPaul, tá! No dia 27 de dezembro, a partir das 17 horas, no YouTube, acontece a segunda edição do “For Pride”.

O evento genuinamente cearense, que chega à sua segunda exibição neste domingo, foi idealizado pelo produtor cultural e jornalista Fábio Nobre. Quando Fortaleza ainda passava pelo isolamento social rígido, ele percebeu que alguma ação precisava movimentar a cena LGBTI+ na Cidade. Entrou em contato com páginas na internet e desenvolveu a primeira edição da atividade em meados de julho.

A live tem o objetivo de ser uma vitrine para influenciadores, produtores de conteúdo, sites, artistas, empreendedores, ONG’s, entre outros, ligados à cultura LGBTI+ da Capital. A transmissão será conduzida pelo fundador do portal Mídia Bixa, Rafael Mesquita, e pela drag queen Deydianne Piaf (Denis Lacerda).

Na data, ainda haverá shows de transformismo com Camilly Leycker, Mizzayra Shiva, Emma Salvatore e Mônica Lepinsky. “A gente pensou em continuar com esse almanaque, trazendo para o público performances com algumas das melhores transformistas do Estado”, explica Fábio Nobre, um dos organizadores.

Sob o tema “Asa Branca e o Balão Multicor”, o evento vai homenagear o Grupo de Resistência Asa Branca (Grab), que completou 31 anos de história em 2020. A organização não governamental atua no desenvolvimento de ações para enfrentar o preconceito contra a orientação sexual. A instituição, por exemplo, é a responsável pela Parada pela Diversidade Sexual no Ceará há duas décadas. Por causa de sua importância em Fortaleza, o “For Pride” divulgará informações sobre a ONG a partir de um documentário.

A edição, entretanto, foi adaptada com base na experiência anterior. “Ficamos surpresos com a repercussão da primeira edição. Era para ser uma live de, no máximo, duas horas. Mas, quando a gente se deu conta, foram mais de quatro horas de conteúdo ao vivo. Nesta segunda edição, nós reduzimos o tempo para que fique mais atraente para quem irá assistir”, comenta Fábio Nobre.

Há outra mudança: agora, a iniciativa conta com o apoio da Prefeitura de Fortaleza, por meio do edital da Lei Aldir Blanc. Assim, será possível remunerar os trabalhadores que estão sendo prejudicados durante a pandemia do coronavírus.

Para o organizador, o projeto proporciona a conexão entre a comunidade. “As pessoas precisam conhecer umas às outras, precisam consumir um do outro, seja música, produto, arte etc. Isso é o que o For Pride quer ser: um almanaque de conteúdo e de pessoas LGBTI+ que precisam ser conhecidos”, afirma.

Serviço:

For Pride – 2ª Edição
Quando? Domingo, 27 de dezembro, às 17 horas
Onde? www.youtube.com/forpride
Mais informações: Instagram @forpridece

Com informações do Jornal O Povo

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here